CROCHE - Como usar no seu dia a dia - COZINHA

E o ambiente da vez é a cozinha!
Aqui temos um mundo enorme de possibilidades e variedades para usar o crochê. São forrinhos de bandeja, capa de eletrodoméstico, caminho e/ou toalha de mesa, tapetes... algumas pessoas mais ousadas usam até capa para cadeiras e acredite se quiser: capa para os acendedores do fogão! Tem variedade de cores, formas e texturas. 
Há você também pode escolher entre temas: frutas, flores entre outros!





Tapete fluorecente

Mais um modelo de tapete que também pode ser usado como centro de mesa!
Cores fluorecentes para deixar seu ambiente alegre e cheio de vida!!
Confeccionado com carinho em fio de algodão!
Acesse www.elo7.com.br/theresadamaso  e garanta o seu!




CROCHÊ - Como usar no seu dia a dia - SALA

(Imagens: • superior - Casa e Jardim, casa da artista Renata Barros com peças em croche confeccionadas por sua avó! • Inferior - trabalho da designer Natalia Pepe)

Quem nunca viu uma peça de Crochê não é não? Seja na decoração, moda, ou enxovais de bebê, ele faz parte do nosso dia a dia! E que tal algumas idéias pra inspirar ?

Vamos começar na sala onde recebemos nossos convidados - Peças como mantas, almofadas, bancos, puffs e tapetes confeccionados em crochê deixam o ambiente mais colorido, aconchegante e com um toque artesanal exclusivo, e combina com o rústico até o mais moderno!!



CURIOSIDADE SOBRE CROCHE!!

O termo "CROCHÊ" origina do francês medieval "croké", nome dado a uma ferramenta usada na época feita de ferro recurvado, um tipo de gancho usado para pendurar alguma coisa. Então no século XIX, surgiu a expressão em francês "broder au crochet" que significa "bordar com o gancho".

Ninguém sabe exatamente quando ou onde o crochê surgiu, e alguns historiadores acreditam que foi na Pré-história, mas foi só no século XVI que o crochê tomou a forma que conhecemos atualmente.

Apesar de muitas teorias e relatos da técnica em diversas partes do mundo a origem mais provável seria a chinesa, a partir de uma técnica de costura que parecia um bordado primitivo.
Embora bastante praticado no Oriente Médio a técnica só ficou conhecida no resto do mundo por volta de 1800 quando a francesa
Éléonore Riego de la Branchardière publicou em livros, desenhos e padrões de tramas fáceis de executar para que as pessoas pudessem copiar.

Depois desse passeio pela História do crochê que tal mantermos ainda mais viva essa tradição tão antiga!!!

Dê um presente cheio de história a alguém que você goste!!!